Alimentos bons e ruins para varizes

Existe uma série de fatores de risco que podem ser considerados quando o assunto são as varizes. Sendo assim, além da predisposição genética, fatores como obesidade, sedentarismo, uso de anticoncepcionais e gravidez também podem influenciar.

Para quem não sabe, as varizes são vasos que acabam se dilatando e se deformando por causa de uma falha na sua válvula. Essa válvula, por sua vez, atua possibilitando que o sangue seja bombear do volta para o coração, sem retornar aos pés por causa da gravidade.

Essa condição pode apresentar diversos graus de intensidade, desde os mais simples e com poucos sintomas até os mais graves com sintomas bastante incômodos, Varizero é um creme para varizes que ajuda a diminuir todos estes sintomas e portanto é um ótimo aliado para quem sofre com o problema.

O tratamento para esse problema, obviamente, irá depender do grau de intensidade do problema e dó pode ser determinado por um médico depois de analisar o caso individualmente.

Alimentação para varizes

Pois bem, o fato é que não existe uma alimentação que possa ajudar a combater ou a prevenir as varizes. No entanto, claro que uma boa alimentação pode ser muito benéfica para a circulação sanguínea como um todo.

É por isso que a dica é sempre apostar em alimentos que favoreçam o sistema circulatório, de forma a obter esses benefícios para o corpo.

  • Evitar: alimentos que prejudicam a circulação

O sal é um dos principais inimigos da circulação sanguínea. Mais do que isso, ele ainda favorece a retenção de líquidos no organismo, o que pode dificultar o bombeamento do sangue, elevando a pressão arterial.

Então, a dica é sempre evitar o consumo de alimentos industrializados, que são ricos em sódio, com destaque especial para sopas e temperos prontos.

  • Consumir: alimentos que favorecem a circulação sanguínea

Para melhorar a circulação, a dica é apostar em uma alimentação que inclua muitas frutas, verduras e legumes. Apenas 5 porções diárias de vegetais já pode diminuir em 25% o risco de morte.

Além disso, prefira alimentos que tenham vitamina C, que ajuda a fortalecer a parede dos vasos; gorduras insaturadas, como castanhas e amêndoas, que são antioxidantes e beneficiam as artérias; ômega-3, que ajuda a melhorar o colesterol, diminui a coagulação e a inflamação dos vasos sanguíneos.

Você também pode apostar no Licopeno, que dá a cor vermelha aos alimentos e previne a obstrução das artérias; polifenóis, que estão presentes em alimentos de origem vegetal, tais como verduras, frutas e legumes; fibras alimentares, amido resistente, alicina, potássio, vitamina E e outros.